Home

Aniversário de Beatificação

 BV. EDMUNDO BOJAMOWSKI E A SUA MENSAGEM PARA OS CRISTÃOS!

 

Em que sentido o Bv.Edmundo é uma mensagem? O que ele tem a dizer para os cristãos de hoje?

Gostaríamos de destacar o compromisso batismal como um dos elementos que tornam a vida e a atividade de Edmundo um atual convite para uma vida de cristãos missionários na Igreja e na sociedade.

Herdou de seus pais um grande amor pela Pátria e por Deus, a ponto de não poder mais ignorar o sofrimento de seu povo, especialmente dos doentes, das crianças, dos jovens sem escola e das famílias agricultoras privados dos frutos do próprio trabalho.

Em 1850, inicia-se uma nova fase na vida de Edmundo. Já com uma vasta experiência em trabalhos sociais em favor da educação, da saúde, da promoção humana e da religião, Edmundo sente-se chamado por Deus a fundar uma Congregação Religiosa que o ajudasse nos seus projetos de solidariedade e humanismo. Confiante em Deus, ele enfrenta duros preconceitos e falsas interpretações vindas, também da parte da Igreja, sobre sua missão. Não sendo sacerdote, Edmundo desejava somente ser verdadeiro cristão e, por isso, comprometido com a fé e a vida do povo.

Este seu ideal de vida não permaneceu somente dentro da Polônia. Em 1954, quatro Irmãs chegaram ao Brasil trazendo como principal herança, o Projeto de vida de Edmundo.

  No Brasil, outras Irmãs se juntaram às 4 Irmãs pioneiras. Aos poucos foram semeando as sementes do Reino de Deus.

 Testemunhamos nestes fatos o poder que tem uma vida dedicada ao bem, ao belo, na simplicidade do cotidiano, de atrair muitas outras pessoas para realizar o mesmo.

A vida de Edmundo comprova claramente que “alguém que busca o divino torna-se ao mesmo tempo mais humano”. Sua vida interior se expressa nas características de sua personalidade e na qualidade de suas ações. Mostra que a força de Deus se manifesta na fraqueza humana.

CARACTERÍSTICAS DA ESPIRITUALIDADE DE Bv. EDMUNDO

A dimensão espiritual da vida do Bv. Edmundo, seu modo de viver, deixava transparecer o Criador. Sua opção por Jesus Cristo foi conduzindo-o para uma maturidade cristã e progressiva configuração em Jesus Cristo. Por isso, sua espiritualidade tem um caráter CRISTOCÊNTRICO: Cristo, enviado por Deus e obediente ao Pai, que renunciou a si mesmo e assumiu um comportamento de servo[1]. Cristo, modelo a ser seguido, mas também, centro e fim da vida. A total adesão a Cristo transforma completamente a vida e o agir deste seu discípulo. O fio condutor de toda a sua existência, foi a docilidade às inspirações do Espírito Santo, a aceitação da Vontade divina chegando à plena adesão a Jesus Cristo.

Nutria uma grande confiança na Providência Divina e na misericórdia de Deus, que tudo guia e tudo justifica. A vida Eucarística foi uma inexaurível fonte da qual hauria a força espiritual, a luz que o guiava sob a estrada do seguimento de Jesus Cristo.

Sua espiritualidade tem também um caráter MARIANO. Maria era vista por Edmundo como o modelo de perfeito seguimento e dedicação a Cristo, aquela que viveu de perto os mistérios da Sua vida. O culto mariano do Bv. Edmundo era pleno de sentimento filial, cheio de confiança, dedicação e em perfeita sintonia com o momento histórico que proclamava o dogma da Imaculada Conceição (1854). Este fato foi vivido por Edmundo em uma atitude de grande recolhimento espiritual, até o ponto de Maria imprimir sua imagem e sua intimidade com Deus em Edmundo e na Congregação, por ele fundada. De fato, à Imaculada confiou a Congregação e para as Servas entregou-a como ideal de vida no seguimento de Jesus. Teve grande veneração por Nossa Senhora das Dores. Encontrou um lugar particular em seu coração, por isso a chamava: “minha Senhora”. Sem Ela não fazia nada e, exatamente nos sofrimentos de Nossa Sra. das Dores, Edmundo encontrava a força e a consolação.

Tinha um filial afeto pela Igreja e pelo Papa. Pelos sacerdotes nutria um sentimento de profunda sinceridade, estima e reverência. Tinha prazer em estar na companhia deles. Desenvolvendo o seu apostolado, tinha com os sacerdotes uma harmoniosa colaboração.

As suas cartas e, sobretudo, o seu Diário exprimem a riqueza espiritual do Bv. Edmundo e a sua vida toda dedicada a Deus e ao próximo. Ocorre sublinhar que Edmundo, sendo uma pessoa de séria formação espiritual e de virtudes maduras, também, hoje, pode constituir um ponto seguro de referência no qual espelhar-se para uma vida cristã engajada no cotidiano.

Dia 13 de junho celebramos 16 anos de Beatificação do Bv. Edmundo Bojanowski. A Solene Celebração ocorreu em Varsóvia, na Polônia, presidida pelo Papa João Paulo II.

Desejamos agradecer profundamente a Deus pelas constantes graças e bênçãos recebidas por intercessão de Edmundo Bojanowski. Que ele continue nos inspirando na missão de servir segundo o Evangelho.

Nossa prece a todos os que se dirigem ao Bv. Edmundo invocando sua intercessão nas suas próprias necessidades.

 


 

[1] Encontramos também nas Constituições, art. 17.

Você está aqui: Home Aniversário de Beatificação