BV. EDMUNDO BOJANOWSKI E A SUA MENSAGEM PARA OS CRISTÃOS!

Em que sentido o Bem-aventurado Edmundo é uma mensagem? O que ele tem a dizer para os cristãos de hoje?

Gostaríamos de destacar o compromisso batismal como um dos elementos que tornam a vida e a atividade de Edmundo um atual convite e convoca os cristãos em Cristo a olhar para o próprio apostolado como Leigo na Igreja.

Herdou de seus pais um grande amor pela Pátria e por Deus, a ponto de não poder mais ignorar o sofrimento de seu povo, especialmente dos doentes, das crianças, dos jovens sem escola e das famílias agricultoras privados dos frutos do próprio trabalho.

Em 1850, inicia-se uma nova fase na vida de Edmundo. Já com uma vasta experiência em trabalhos sociais em favor da educação, da saúde, da promoção humana e da religião, Edmundo sente-se chamado por Deus a fundar uma Congregação Religiosa que o ajudasse nos seus projetos de solidariedade e humanismo. Confiante em Deus, ele enfrenta duros preconceitos e falsas interpretações vindas, também da parte da Igreja, sobre sua missão. Não sendo sacerdote, Edmundo desejava somente ser verdadeiro cristão e, por isso, comprometido com a fé e a vida do povo.

Este seu ideal de vida não permaneceu somente dentro da Polônia. Em 1954, quatro Irmãs chegaram ao Brasil trazendo como principal herança, o Projeto de vida de Edmundo.

No Brasil, outras Irmãs se juntaram às 4 Irmãs pioneiras. Aos poucos foram semeando as sementes do Reino de Deus. 

Testemunhamos nestes fatos o poder que tem uma vida dedicada ao bem, ao belo, na simplicidade do cotidiano, de atrair muitas outras pessoas para realizar o mesmo.

A vida de Edmundo comprova claramente que “alguém que busca o divino torna-se ao mesmo tempo mais humano”. Sua vida interior se expressa nas características de sua personalidade e na qualidade de suas ações. Mostra que a força de Deus se manifesta na fraqueza humana.

Você está aqui: Home Nosso Fundador